Categoria: Devaneios

Um Café da Manhã de Domingo

Café-da-Manhã

Sentados à mesa para um perfeito café-da-manhã de domingo, onde a

mesa é arrumada com aquela perfeição bagunçada, típica do dia de

folga e após um noite de boa comida e vinhos, o casal conversa

despretensiosamente sobre assuntos leves e aleatórios ate que a

esposa dispara:

Ela – Amor, o que vamos fazer hoje?

Ele – Hoje é o dia em que posso fazer o que você quiser!

E ele ainda pensa, mas não verbaliza: como em todos os dias, nos Leia mais

Eu Não Me Pertenço Mais!

Normalmente quando escrevo, deixo as ideias saírem e depois de ler o texto dou o título. Esse fiz diferente, pois cheguei a esta conclusão depois dos últimos dias. Na verdade hoje me pergunto se algum dia me pertenci, ou se só respondo aos acontecimentos dos dias que não param de passar! Talvez nenhum dos dois isoladamente…

O fato é que depois de algumas decisões que tomamos, as coisas acontecem e você se vê “administrando” seus resultados, e não é por falta de planejamento, pois tudo foi planejado, é por controlamos muito poucas coisas, ou quase nada!
Quer saber do que estou falando exatamente, não é?!
FILHOS!!!!
E não me refiro àqueles que não planejamos, coisa que sabemos que acontece, e muito, por aí! Estou falando dos nossos pequenos planejados, frutos de uma relação “segura” (se é que isso existe! Rsrs).
Pois bem, depois que decidimos pelo primeiro – o que é quase meio lógico depois de casar – e consumamos o ato, a única coisa que nos resta é aguardar! Primeiro para saber se deu certo! Ótimo deu!!! “Parabéns” você recebe aos montes, mas ninguém (ou muito poucos) te dizem a verdade: DESTA DATA EM DIANTE VOCÊ PASSA OFICIALMENTE A SER UM EXPECTADOR, DE LUXO, DA HISTÓRIA!!!
Uns dirão que nós devemos ser os protagonistas e tomar as “rédeas” das ações, mas você no máximo, consegue desviar o curso aqui e ali, mas a direção é dada pelo novo ser que você gerou!
Começa com a gravidez, onde nós homens somos mero expectadores. Durante os próximos meses só respondemos atentamente aos desejos de uma mulher totalmente empoderada por carregar o seu tesouro dentro dela. E ela sabe disso, e sabe como usar isso! E por mais que você se emocione durante os exames de ultrassonografia, quando escuta o coração batendo, você só entende mesmo o que está acontecendo quando está na sala de parto e escuta aquele pequeno ser chorando, e meio atônito escuta alguém no fundo: Pai! pai!!! PAAAAI!!! O senhor não vem cortar o cordão???
E você durante segundos que parecem uma eternidade você pensa: Pai, senhor, cordão… Choro…. Ai meu Deus, sou eu, e responde: Eu, eu, sou o pai, vou cortar! E com as mãos trêmulas pega aquela tesoura e corta…. Ufa!!!
Primeiro os meus dois filhos vieram na hora que eles quiseram e não nas datas prováveis. O primeiro nasceu no exato dia do meu casamento (quatro anos mais tarde), e o segundo no dia em que tínhamos um jantar (diga-se de passagem free) em um dos melhores restaurantes da cidade! rsrs. Essa eu ainda cobro dele…. Espera só ele crescer….
Os dois nos deixaram de cabelo em pé, pela correria que acabaram gerando… Isso porque eram planejados, hein!
Depois sua rotina vira a rotina dele, nada mais justo, não foi ele que pediu para nascer!
Aí vem as primeiras febres, e vômitos, e você se pega pensando e muitas vezes dizendo: – Meu Deus tira dele e coloca todo sofrimento em mim!!!
Opa!!! É só uma gripe! Mas não adianta, você passaria fácil por isso, e muito mais no lugar dele… Neste momento começamos a conhecer um tipo de amor que você nunca tinha sentido, apesar de já ter escutado sobre ele, o Amor incondicional!
E que é coisa mais irracional que já vi! Rsrs ….. O sujeitinho vai te chamar de chato (no mínimo) pelos próximos 25 anos, morando na sua casa e sendo sustentado por você! E você vai olhá-lo nos olhos e pensar: Eu te amo, meu filho!
Que idiotice, que piegas, mas não há nada mais verdadeiro, e pelo resto de suas vidas sua existência não mais te pertencerá, mas sim a ele, o no meu caso eles!
E nada mais do que você fizer será legado maior do que este Ser que você deixar no mundo. Leia mais

Sucesso Profissional x Financeiro x Pessoal

Man Walking up Ladder to Clouds

Há alguns dias uma pessoa muito próxima e importante para mim disse que queria conversar e tinha duas perguntas para me fazer. Não nos encontrávamos pessoalmente há meses e logo me dispus a responder. E vieram as seguintes perguntas: 1) O que é sucesso profissional para você? Você acha que já conseguiu? 2) O que você considera sucesso pessoal?

Essas perguntas me pegaram de surpresa e me deixaram estupefato, não porque não tivesse a minha resposta, mas por vir de uma pessoa que eu considerava um cara de sucesso em todos esses quesitos! Como é a vida?! Leia mais