Mãe

Estou a alguns minutos pensando como escrever para as mães sem ser piegas!

Impossível! Mãe é o que há!

Não dá para imaginar a vida sem uma mãe, seja ela biológica, adotiva ou de consideração! Como ser quem somos sem uma referência materna? Eu que tive e ainda tenho mães, não vislumbro isso!IMG_0118

No início de nossas vidas a dedicação é total! Talvez sejamos os seres que dependem mais tempos da mãe na face da terra! A reconhecemos pelo cheiro, pelo toque… Não há nada mais reconfortante do que colo de mãe, em qualquer idade!

Elas nos ensinam a falar, comer, andar… cuidam de nossos ferimentos do corpo e da alma! Mesmo quando nos ferimos indo no caminho contrário a sua vontade! Mãe cuida, ensina e conforta!

Não tenho dúvidas de que sou o que sou por conta das mães que tenho na minha vida! Primeiro a Dona Sônia, depois Dona Aidee (avó, mas mãe também), hoje minha esposa que também me cuida, mas principalmente cuida dos meus tesouros mais preciosos!IMG-20150308-WA0009

Quando digo que o mundo é das mulheres e que fazemos dele o que elas querem… tudo começa com a geração por 40 semanas em seu ventre… elas tem esse previlégio!

As minhas mães meu muito obrigado, meu amor e meu carinho!

A todas as mães parabéns!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *